quarta-feira, 31 de julho de 2013

Olá!


Oi pessoal estou voltando com tudo em uma crise louca de amor pela vida que já esta durando mais ou menos 14 meses, sim é isso ai.... estou amando viver, e odiando ao mesmo tempo, mais pra que vou me deprimir  é muito bom ter vários pontos de vista sobre a vida, as pessoas as coisas enfim nunca nossa vida vai ser monótona.

Não estou encorajando ninguém a embarcar nesse mundo doido onde nada tem fim e nem limites, porem parem de querer ser perfeitos! Somos humanos, humanos erram e aprendem com os erros, comecem a olham para dentro de si mesmo e ver o que realmente é doença e o que é personalidade!

Lembrando sempre de tomar os remédios, psicoterapia e amar tudo e todos sem limites....

3 comentários:

  1. Buenas, enhorabuena por el blog, me gustaría intercambiar enlaces contigo y que nos sigamos mutuamente.
    Un enorme saludo desde http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    Ciao, complimenti per il blog, mi piacerebbe scambiare link con voi e ci si susseguono.
    Un enorme saluto da http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Uma ideia de post: quem é que ajuda a pessoa que cuida do paciente TBH em crise?

    Quem é que ajuda a pessoa que cuida de vocês quando resolvem abandonar o trabalho, paga as contas das dívidas feitas, atura as crises de violência, tem a casa destruída, objetos furtados, trata de doenças que surgem por falta de cuidados, filhos por falta de camisinha, aguenta escândalos e outras formas de violência, é a família, ou amigos próximos, se houver restado algum depois de tantas crises por abandono de medicação.
    Engraçado que vocês, pacientes, se colocam como vítimas de médicos, clínicas e medicamentos em blogs por aí, mas não falam nada acerca das vítimas que fazem com suas crises eufóricas. E quem cuida daquele que cuida do paciente psiquiátrico, que sofre e aguenta tudo?
    Digo isso porque, na grande maioria das vezes, vocês entram em crise porque se acham curados e param a medicação, quando são suficientemente informados acerca da necessidade de tratamento continuado. Raramente o paciente que se trata adequadamente faz crises severas de euforia ou depressão. Elas são preveníveis e é possível adequar a conduta. Mas se lamentar é mais fácil, deixar sobrar pros outros, também.

    ResponderExcluir
  3. Olá renata! Faz tempo que não vou aos cantinhos amigos porque estava bastante ausente do meu blog tbém, mas estou voltando aos poucos e ficaria feliz com sua visitinha amiga. bj
    Marly

    ResponderExcluir